TEATRO 
AMERICANO 
EM DIÁLOGO


PRODUÇÃO E
VISIBILIDADE



SARA ROJO
PT  O livro Teatro Latino-Americano em Diálogo: Produção e Visibilidade, de Sara Rojo, analisa aspectos da
dramaturgia chilena em três períodos históricos (antes do golpe militar no Chile, período das ditaduras latino-americanas e 
neoliberalismo) relacionando-a a obras teatrais de países como Brasil, Argentina e Colômbia.
Entrelaçando conceitos como a Partilha do Sensível, de 
Jacques Rancière e o conceito de Imagem, de Didi-Huberman,
a autora desenvolve um estudo crítico e sensível sobre teatro e política na América Latina.



ENG  The book examines aspects of the Chilean dramaturgy in three historical periods (before the military coup in Chile,
the period of Latin American dictatorship and neoliberalism ) relating to the theatrical works in countries like Brazil, Argentina and Colombia. By intertwining concepts such as the Sharing of the sensitive from Jacques Rancière and the concept of Image, from Didi-Huberman, the author develops a critical and sensitive study of theater and politics in
Latin America.

PT  Um dos desafios na criação do livro foi traduzir de maneira gráfica os conceitos empregados pela autora para pensar
o teatro e a política na América Latina. O desenho em linha dos mapas justapostos foi gravado em relevo na capa, simbolizando as relações de fronteira e diálogo entre os países. Junto a esse efeito tátil, a opção audaciosa pela ausência
de cor reforça a provocação acerca da (in)visibilidade, outro conceito chave na criação do projeto.



ENG One of the challenges while designing the book was to translate in a graphical way the concepts used by the author to think the theater and politics in Latin America. The outlines of the countries were juxtaposed and engraved in the book's cover, symbolizing their frontier relations. Along with this tactile effect, the bold option for the absence of color stresses a provocation on (in)visibility, another key concept in the project.


Find us on:
FACEBOOK | INSTAGRAM
​​​​​​​
Back to Top